Como funciona a reciclagem criativa em condomínios!

Como funciona a reciclagem criativa em condomínios

Descubra como condomínios residenciais vêm apostando na reciclagem criativa e quais os benefícios dessas práticas.

A conscientização ambiental é um tema cada vez mais discutido no âmbito coletivo e individual, incluindo a reciclagem criativa que dá vazão a essas iniciativas.

A necessidade que a sustentabilidade impõe exige mudanças tanto na forma de consumir quanto no descarte do lixo.

Nesse sentido, muitos condomínios residenciais vêm adotando práticas sustentáveis de formas não convencionais.

Confira neste artigo como funciona a reciclagem criativa em condomínios. Boa leitura!

Quais os benefícios da reciclagem criativa em condomínio?

Além da contribuição para o planeta, existem outros benefícios relacionados à reciclagem criativa em condomínios. Confira alguns a seguir.

Melhor organização do lixo

Métodos alternativos de reciclagem que incluem todos os moradores são favoráveis porque melhoram a organização do lixo.

Quando o condomínio destina o local certo para cada tipo de lixo, o ambiente fica mais preparado para lidar com a grande quantidade de lixo que é acumulada diariamente nos condomínios.

Economia

Ao destinar o lixo reciclável para empresas específicas, muitos condomínios acabam gerando renda que é destinada aos custos coletivos. Isso contribui para as finanças do condomínio e gera economia, que é sentida diretamente no bolso dos moradores.

Como colocar a reciclagem criativa em prática no condomínio?

Agora que vimos os benefícios da reciclagem criativa em condomínios, confira algumas ideias de como ela pode ser colocada em prática.

Invista em conscientização mútua

Não é obrigação apenas do síndico e zelador incentivar a reciclagem no condomínio. Isso deve ser feito também pelos moradores.

Para isso, conscientize toda a família e dê o bom exemplo aos vizinhos, separando os lixos corretamente e contribuindo com as ações sugeridas pela administração do condomínio.

Separe o lixo orgânico do reciclável

Muitas pessoas obtêm sua renda da reciclagem e dependem desse trabalho para sobreviver. Por isso, alguns condomínios têm acordos não somente com cooperativas, mas também com catadores individuais.

Para facilitar o trabalho dos catadores, é recomendado que você separe o lixo orgânico do reciclável, evitando que esses trabalhadores precisem revirar os lixos em busca dos materiais recicláveis.

Destine o lixo orgânico para produção de adubo

A produção de adubo orgânico é duplamente benéfica. Em primeiro lugar, esse tipo de adubo é valioso para as plantações e acelera os resultados.

Além disso, é uma forma simples de reciclar os materiais orgânicos e diminuir a quantidade de lixo gerada pelas famílias.

Alguns condomínios já possuem sua própria composteira, onde os moradores podem colocar seu lixo orgânico para ser transformado em adubo.

Mesmo aqueles que optaram por não criar sua composteira, podem destinar esse tipo de lixo para empresas especializadas em coleta de materiais orgânicos.

Como os condomínios podem adotar a sustentabilidade criativa?

Além da reciclagem em si, os condomínios podem adotar o conceito de sustentabilidade de outras formas. Confira algumas ideias!

Gerando economia de energia nos espaços comuns

Cada vez mais, os condomínios têm focado em ações sustentáveis que envolvem os espaços comuns. 

Isso passa por economizar energia elétrica nos espaços comuns, instalando sensores de movimento, utilizando melhor a iluminação natural e até instalando painéis solares, em alguns casos.

Incentivando a economia colaborativa

Um pilar muito importante da sustentabilidade é a economia colaborativa, que tem como premissa o compartilhamento de bens e serviços. 

Muitos condomínios vêm incentivando esse tipo de economia com ações como:

  • inclusão de coworking em sua estrutura;
  • sistema de compartilhamento de bicicletas;
  • organização de bazar entre os moradores;
  • e outras iniciativas relacionadas.

Criando uma horta comunitária

As hortas comunitárias também aparecem cada vez mais frequentemente em condomínios residenciais, como forma de cultivar a alimentação saudável e ambientes verdes que melhoram a qualidade do ar no condomínio.

Além disso, todo mundo pode participar ao plantar, cuidar e colher os frutos da horta coletiva.

Como vimos, a reciclagem coletiva em condomínios é um passo para o futuro da sustentabilidade.

No seu condomínio tem um espaço para armazenagem de lixo com acesso exclusivo?  Facilitaria a reciclagem e contribuiria para moradias cada vez mais conscientes ambientalmente.

Faça sua parte, selecione o seu lixo!

FONTE: TECNISA